Simulação de Financiamento de Veículos, simulador, juros, leasing, taxa para você comprar seu carro!

Simulação Financiamento de Veículos

A facilidade de crédito para a compra de um veículo está permitindo a muitos brasileiros realizarem o sonho de ter um carro. A maioria das pessoas opta pelos financiamentos, que são oferecidos por praticamente todas as instituições bancárias.

No entanto, é importante avaliar qual banco oferece as menores taxas de juros, qual tipo de financiamento pode ser mais vantajoso e fazer uma programação financeira para que seja possível quitar a dívida no prazo do contrato. A incorrência de juros pode se transformar em uma bola de neve se o cliente não pagar as prestações do carro em dia.

 

 

 

Simulador de financiamento ajuda a programar despesas futuras

Antes mesmo de escolher o modelo, marca, cor e ano do automóvel, é mais importante avaliar quanto a pessoa tem para investir no veículo. Uma ferramenta que ajuda nesta programação é o simulador de financiamento, que pode ser encontrado em alguns sites na Internet. É possível também fazer esta simulação na própria agência bancária da instituição financeira onde se pretende realizar o financiamento. Mas para quem estiver sem tempo, a Internet oferece uma pesquisa rápida, ágil e sem filas.

Nos sites, em geral, se faz o uso do método para cálculo do financiamento de veículos da Tabela Price, sendo que o valor do IOF – Imposto sobre Operações Financeiras –, não está incluso. A Tabela Price é uma forma de amortizar um empréstimo, sendo a sua principal característica a apresentação de parcelas iguais. Assim, depois da pessoa colocar o valor que precisa financiar no formulário do simulador, aparece no site o número de parcelas e seus respectivos valores. A simulação costuma se aplicar tanto para financiamento CDC como para o financiamento leasing de automóvel. Ambas as formas são utilizadas pelas pessoas que desejam comprar o seu carro e optam pelo financiamento.

Modalidades de financiamentos: CDC e Leasing

O CDC é o Crédito Direto ao Consumidor, no qual o cliente adquire o bem ou serviço que deseja e paga em parcelas fixas. Já o Leasing, também chamado de locação financeira ou arrendamento mercantil, é um contrato no qual a instituição financeira adquire o bem escolhido pelo cliente, neste caso, o veículo. Assim, é como se o cliente estivesse pagando pelo aluguel do veículo financiado, por um prazo determinado.

Ao término do contrato, quando o cliente quitar todas as parcelas do financiamento, o bem será seu. Neste tipo de financiamento, o cliente pode também renovar o contrato por mais um período ou devolver o bem arrendado à arrendadora (instituição financeira). Esta modalidade costuma ser escolhida por empresas (pessoas jurídicas), mas também é aceita quando se tratam de clientes que sejam pessoas físicas.

Tipos diferenciados de financiamento Leasing

Existem três formas de leasing. No operacional, a arrendadora é a responsável pelos gastos de manutenção do bem arrendado, mas a arrendatária (cliente) pode desfazer o contrato a qualquer momento, desde que aguarde o período mínimo de 90 dias do início do contrato. Se preferir ela pode, ainda, trocar o bem por um modelo mais moderno.

Enquanto isso, o leasing financeiro se assemelha a um aluguel, com a diferença de que é possível comprar o bem no final do prazo pré-determinado pelo preço estabelecido no contrato. Já o leasing back ocorre, normalmente, quando uma empresa necessita de capital de giro. Para tanto, ela vende seus bens a uma empresa que os aluga para terceiros. Porém, essa modalidade é restrita a pessoas jurídicas.

Características principais do Leasing e do CDC

Segue um resumo das vantagens e desvantagens mais comuns em ambos os tipos de financiamento.

Modalidade de financiamento Leasing:

  • O IOF não é cobrado;
  • Conforme o contrato, é necessário o pagamento do ISS - Imposto Sobre Serviços;
  • O veículo fica no nome da instituição financeira, arrendado ao comprador;
  • É obrigatório um prazo mínimo de 24 parcelas;
  • Para revender o bem é exigida uma autorização bastante burocrática da financeira, e ele também possui um alto valor;
  • Não há desconto na antecipação das parcela.

Modalidade de financiamento CDC - Crédito Direto ao Consumidor:

  • Tem cobrança do IOF;
  • Documentação permanece no nome do comprador, alienado à instituição financeira;
  • O comprador é quem define o número de parcelas para quitar a dívida;
  • É menos burocrático revender um bem ainda financiado;
  • Existe desconto na antecipação das parcelas.
Simulação Financiamento

Este site tem por objetivo informar o público sobre modalidades e requisitos para proposta ou simulação de financiamento. Não temos qualquer vínculo com qualquer instituição citada, nosso conteúdo foi retirado dos sites das próprias empresas e tem como finalidade facilitar o acesso do consumidor a informação que está disponivel a qualquer um na internet.