Simulação Financiamento Moto, saiba como simular financiamento de motos antes de comprar a sua.

Simulação Financiamento de Moto

Quem não tem dinheiro à vista para comprar uma moto, pode optar pelo financiamento de motos. Essa opção é uma forma de conquistar o sonho de andar em duas rodas ou investir em um novo modelo, mais moderno, potente, etc. Como se faz com os financiamentos de carros e de imóveis, também é importante que a pessoa que deseja comprar uma moto, através do financiamento de uma instituição financeira, faça primeiramente uma simulação de financiamento de moto.

Como fazer uma simulação de financiamento de moto

Os motociclistas que pretendem comprar uma moto devem, antes de qualquer coisa, usar uma ferramenta para simular financiamento de motos para terem uma ideia de quanto deverão pagar por mês. Caso o valor da mensalidade não seja acessível para a pessoa, ela pode optar por um modelo de moto mais em conta. Especialistas afirmam que um financiamento não pode comprometer mais do que 20% da renda. Caso isso aconteça, a pessoa só vai gerar mais dívidas para o seu bolso.

As instituições bancárias que oferecem financiamento para quem quer comprar uma moto costumam disponibilizar em seu site o simulador de financiamento. Para usá-lo, basta colocar os dados solicitados, que geralmente são o valor da moto, modelo, ano e o número de parcelas preferidas para pagar a dívida. Em segundos o site fornece o resultado. Além do financiamento, muitas pessoas optam por outra maneira de adquirirem a motocicleta dos sonhos: o consórcio de motos.

Como fazer um consórcio de moto

Fazer um consórcio de moto também é uma alternativa para quem quer andar sobre duas rodas. Algumas concessionárias contam com parcerias com instituições financeiras para oferecer essa modalidade de compra aos seus clientes. Honda, Yamaha e Suzuki são algumas das marcas de motocicletas que contam com esta opção.

Para saber se esta é a melhor opção para comprar a moto, é importante saber que um consórcio se constitui em uma reunião de pessoas físicas ou jurídicas, em um grupo fechado, que é promovido por uma administradora. Essa tem o objetivo de propiciar aos integrantes a aquisição de um bem, neste caso, de uma moto.

Consórcio de motos através dos bancos

A Caixa Econômica, assim como alguns outros bancos, oferece uma opção de consórcio para as pessoas que desejam comprar uma moto, mas estão sem dinheiro na mão para fazer isso. Para tanto, o banco conta com cartas de crédito. Os valores são reajustados pelo INPC - Índice Nacional de Preços ao Consumidor -  a cada 12 assembleias, mantendo o seu poder de compra.

Quem optar pelo consórcio da caixa também vai pagar uma taxa de administração de 15% pelo prazo de 70 meses. Segundo a Caixa, as vantagens deste consórcio referem-se a não incidência de juros, somente a taxa de administração, que é menor se comparada a outros consórcios. Outro benefício é a adesão em grupo com abrangência nacional, o que permite a formação de grupos com maior facilidade e segurança.

Além disso, o pagamento do lance parte da Carta de Crédito, assim, é possível utilizar até 50% do valor da Carta de Crédito para fazer o pagamento do lance. A Caixa oferece, ainda, a Conversão da Carta de Crédito. Após 180 dias da contemplação, com a quitação do saldo devedor, o cliente converte a Carta de Crédito em dinheiro.

A Caixa também contempla até cinco cotas, sendo duas por sorteio e três por lance, de acordo com a disponibilidade financeira de cada grupo. Caso o cliente seja contemplado, a Carta de Crédito continua sendo atualizada diariamente para que não pare de render até que ela seja utilizada. Por fim, o consórcio da Caixa permite que toda a gestão da cota seja feita pelo cliente sem sair de casa, utilizando os serviços online como consulta de extratos, oferta de lances, entre outros.

Simulação Financiamento

Este site tem por objetivo informar o público sobre modalidades e requisitos para proposta ou simulação de financiamento. Não temos qualquer vínculo com qualquer instituição citada, nosso conteúdo foi retirado dos sites das próprias empresas e tem como finalidade facilitar o acesso do consumidor a informação que está disponivel a qualquer um na internet.