Simulação Financiamento Imobiliário, simule financiamento de casas, apartamentos, terrenos e todos os tipos de imóveis.

Simulação de Financiamento Imobiliário

Na hora de fazer um financiamento imobiliário o interessado deve pesquisar todas as opções disponíveis. Além de conferir o simulador de financiamento da Caixa Econômica, deve também procurar o seu banco e verificar quais as facilidades que ele oferece, seja o Itaú, Bradesco, HSBC ou Santander. Todos possuem linhas de crédito para a compra da casa própria e podem ser boas opções, conforme a necessidade de cada pessoa.

Para reger as regras que regulam o financiamento de imóveis existe o Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI). Instituído pela Lei nº 9.514, de 20 de novembro 1997, o SFI promove o financiamento de imóveis em geral. Entre algumas de suas cláusulas, o SFI define que podem operar nesta modalidade os bancos comerciais, os bancos de investimento, as sociedades de crédito imobiliário, os bancos com carteira de crédito imobiliário e outras entidades. Todas as suas normas constam na Internet, sendo importante ter o conhecimento do seu conteúdo. É uma forma de saber se a instituição financeira escolhida para realizar o financiamento não está agindo de má fé em algum procedimento.

Além disso, outra medida que pode facilitar a processo de aquisição de uma casa é verificar se o banco escolhido aceita como entrada na compra do imóvel o FGTS - Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Em geral, as instituições financeiras aceitam e, se for um valor considerável, poderá amortizar em muito o valor que ficará pendente. No entanto, o FGTS pode ser retirado apenas pelos trabalhadores demitidos sem justa causa.

Usando a ferramenta de simulação de financiamento do banco

Para acessar o simulador de financiamento, basta que a pessoa acesse o site do banco em que deseja verificar as condições de financiamento e localizar o simulador. Geralmente, esta opção se encontra na seção de financiamento imobiliário. Cada site solicita as informações que são necessárias para simular o valor de entrada e das parcelas a serem pagas no período estipulado.

A Caixa Federal, por exemplo, conta com um simular de financiamento bastante prático, sendo necessário colocar apenas as informações mais relevantes. De qualquer forma, todos os simuladores vão mostrar o valor que o proponente deve dar de entrada e o valor do restante que deverá parcelar. Também aparece o valor das parcelas, sendo possível a pessoa se certificar de que conseguirá pagar as mensalidades ao banco.

Encaminhando a documentação para avaliação

Depois que o interessado no financiamento imobiliário decidir qual o imóvel irá comprar, definir o preço que poderá pagar, sem comprometer a sua renda familiar para os gastos que tem normalmente todos os meses e escolher o banco para solicitar o financiamento, está na hora de juntar a papelada. As instituições financeiras costumam exigir os mesmos documentos e são muitos, por isso, é importante reservar um tempo para fazer isso.

Alguns documentos, inclusive, devem ser solicitados a terceiros. Então, é importante fazer com calma este trabalho, pois a falta de qualquer documento pode comprometer a avalição da solicitação. Quando a documentação estiver toda pronta, inclusive do imóvel pretendido, que também entra na avaliação, é preciso aguardar até que o banco retorne com uma resposta. Caso a pessoa fique com alguma dúvida sobre os documentos exigidos deve contactar a instituição financeira através da central de atendimento.

Por que fazer um financiamento para comprar a casa própria

Por mais que uma pessoa goste do lugar onde mora (apesar de ter de pagar aluguel), ela  sempre vai estar gastando um dinheiro que nunca trará retorno. No caso da casa própria, mesmo que se decida vendê-la futuramente, será um investimento, uma vez que o valor de venda sempre será maior que o de compra, caso o imóvel esteja em boas condições. Se o proprietário fizer reparos e melhorar a qualidade do imóvel que comprou, o lucro será ainda maior.

Pagar à vista é sempre a melhor opção, mas nem sempre existe dinheiro para isso. O financiamento, então, tem se tornado a alternativa mais viável. Estima-se que, hoje em dia, 70% dos brasileiros tenham casa própria, sendo que a maioria adquiriu por meio do financiamento. De qualquer forma, é uma atitude que merece reflexão antes de ser concretizada. Especialistas afirmam que as parcelas de um financiamento não podem comprometer mais do que 20% da renda familiar.

Simulação Financiamento

Este site tem por objetivo informar o público sobre modalidades e requisitos para proposta ou simulação de financiamento. Não temos qualquer vínculo com qualquer instituição citada, nosso conteúdo foi retirado dos sites das próprias empresas e tem como finalidade facilitar o acesso do consumidor a informação que está disponivel a qualquer um na internet.