Simulação Empréstimo, simulador de crédito pessoal, taxas, juros e prazos dos principais bancos.

Simulação Empréstimo

Solicitar um empréstimo nos dias de hoje é, em muitas ocasiões, a única maneira de realizar um sonho. Comprar um carro, casar, fazer uma viagem ou um curso exigem um investimento muito alto na maioria das vezes. Por isso, as instituições bancárias oferecem crédito pessoal em diferentes modalidades. São muitos os bancos que contam com procedimentos relativamente práticos e fáceis para quem precisa de dinheiro emprestado sem tanta burocracia, como os financiamentos, por exemplo.

No entanto, o que mais preocupa as pessoas que pedem um empréstimo é a taxa de juros que será cobrada. Dependendo da instituição financeira, a incidência de juros sobre o valor da dívida pode ser maior ou menor. Em geral, quanto mais um banco facilita um empréstimo, mais ele cobra juros sobre o valor. Não é regra, mas é importante sempre verificar a taxa de juros antes de adquirir um empréstimo.

Para facilitar o cálculo de quanto uma pessoa terá que pagar para a instituição bancária onde fez o empréstimo, existem as ferramentas de simulação de empréstimo. Assim, ninguém precisa levar um susto quando o banco disser o valor que a pessoa terá que pagar mensalmente.

Como fazer uma simulação de empréstimo

Existem muitos sites na Internet de instituições financeiras, ou mesmo sites que falam sobre empréstimo, crédito pessoal, financiamentos, entre outras transações neste sentido, que disponibilizam os simuladores de empréstimo. Geralmente a pessoa que precisa fazer o cálculo deve colocar o valor do empréstimo a ser solicitado no simulador, a taxa de juros utilizada pelo banco e o número de parcelas escolhidas para fazer o pagamento.

Outro ponto importante a se observar é sobre o número de parcelas escolhidas. Quanto mais parcelas a pessoa optar, menor será o valor pago por mês. No entanto, maior será o valor gasto com os juros ao final do pagamento. Por isso, sempre é aconselhável fazer pagamentos à vista porque pode acontecer de, no final do pagamento do empréstimo, a pessoa ter gasto o dobro apenas em juros.

Claro que o pagamento à vista nem sempre é possível, por isso sempre que der é aconselhável optar por um número menor de parcelas, para que a dívida seja quitada em breve. Para saber a taxa de juros, a pessoa pode se informar diretamente com a instituição financeira ou procurar na Internet, principalmente, no site do Banco Central, que disponibiliza uma tabela com a taxa de juros que cada instituição financeira que opera no país utiliza.

Como solicitar um empréstimo

Depois de escolher uma instituição bancária para solicitar o empréstimo, é necessário juntar alguns documentos que serão exigidos. Na maioria dos casos, são solicitados documentos pessoais como RG, CPF, comprovante de endereço e comprovante de renda. Alguns lugares podem exigir comprovação de um mínimo de tempo que a pessoa tenha de carteira assinada e outros pré-requisitos, como ter conta bancária por um mínimo de tempo, possuir telefone residencial, entre outros critérios dependendo de cada banco.

Quando o assunto é crédito pessoal, os pensionistas, aposentados, militares e servidores públicos, sejam municipais, estaduais ou federais, sempre possuem linhas especiais de crédito que facilitam, desburocratizando o pedido de empréstimo. Esse público possui essas vantagens porque são trabalhadores com garantias maiores de renda mensal, como os funcionários públicos, que possuem estabilidade no trabalho. Assim, a garantia de que a pessoa terá dinheiro todo o mês para pagar a sua dívida também é maior.

Crédito pessoal na Caixa Econômica

O Banco Caixa Econômica, por ser uma instituição financeira federal e pública, costuma oferecer mais facilidades e opções a quem procura os serviços de empréstimos. Atualmente, o banco disponibiliza o Crédito Aporte, Antecipação de 13°, Antecipação de Imposto de Renda e Crédito Pessoal. Quem optar pelo Crédito Pessoal poderá, ainda, escolher entre diferentes modalidades.

O Crédito Pessoal/Pré com amortização única no final do contrato e juros prefixados, oferece prazo de pagamento de um a 60 dias, podendo assim serem feitas até duas reformas de mesmo prazo. A primeira consiste em uma amortização mínima de 30% do valor contratado, acrescida dos encargos do novo período. A segunda é uma amortização mínima de 40% do valor remanescente do contrato, acrescida dos encargos do novo período. Outras modalidades são o Crédito Pessoal/Pré com amortizações mensais, o Crédito Pessoal/Pós com amortizações mensais e o Crédito Salário Caixa/Pós também com amortizações mensais.

Simulação Financiamento

Este site tem por objetivo informar o público sobre modalidades e requisitos para proposta ou simulação de financiamento. Não temos qualquer vínculo com qualquer instituição citada, nosso conteúdo foi retirado dos sites das próprias empresas e tem como finalidade facilitar o acesso do consumidor a informação que está disponivel a qualquer um na internet.