Simulação Financiamento Casa Própria, simulador da caixa e informações sobre renda, taxas, prazo para financiar sua casa própria.

Financiamento Casa Própria

Pagar aluguel é o pesadelo de muitos brasileiros. Por mais que as pessoas gostem do local onde moram, a residência dificilmente tem a cara dos seus donos, pois não adianta investir em um imóvel que não é próprio. Por isso, um dos créditos mais procurados, atualmente, é para fazer o financiamento casa própria. Praticamente todas as instituições financeiras possuem em seus sites a ferramenta para fazer uma simulação de financiamento, como é o caso da Caixa Econômica.

Entre tantos bancos que existem, hoje em dia, a Caixa Econômica é uma das instituições financeiras mais procuradas quando o assunto é financiamento da casa própria. Além de contar com um dos juros mais baixos do mercado, este banco permite ao trabalhador utilizar o seu FGTS para iniciar o pagamento de um financiamento.

Como fazer a simulação de financiamento para a casa própria

Antes de tomar a decisão e fazer um financiamento para a compra da casa própria, é importante a pessoa fazer uma simulação. Para tanto, basta acessar o site da Caixa Econômica e ir na seção Habitação, depois clicar no botão Simulação de Financiamento no centro da página. Na tela que surgir, é necessário preencher os dados necessários, como valor aproximado do imóvel e o valor bruto da renda familiar.

Com essas informações, a Caixa Econômica automaticamente calcula o valor que a pessoa deverá dar de entrada à vista para a compra do imóvel e qual o valor que ela poderá financiar, em até 360 parcelas, o que totaliza 30 anos. Na pesquisa aparecem os valores médios das mensalidades e, assim, a pessoa interessada no financiamento pode avaliar se é um valor que ela poderá pagar mensalmente à Caixa.

Caso o valor esteja acima das suas possibilidades, o usuário pode fazer uma nova simulação, com um valor de imóvel menor. A pesquisa pode ser feitas quantas vezes forem necessárias, até a pessoa encontrar um valor de prestação que seja compatível com o seu salário. É importante que a renda mensal familiar não seja comprometida para que não sejam geradas outras dívidas em função do financiamento.

Como usar o FGTS no financiamento de um imóvel

Todas as pessoas que trabalham com carteira assinada podem retirar o seu FGTS -  Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - depois que saírem do seu emprego, desde que tenham sido demitidos sem justa causa. Esse dinheiro é retirado por qualquer trabalhador nas agências da Caixa Econômica, mediante agendamento ou conforme as instruções do Departamento Pessoal da empresa na qual ele era funcionário.

O fato do FGTS ser retirado na Caixa Federal faz com que seja agilizado o contrato de financiamento com o banco, caso a pessoa demitida queira investir este dinheiro na compra da sua casa própria. O valor do Fundo de Garantia vai servir, desta forma, como a entrada à vista que deve acontecer em qualquer financiamento.

O FGTS foi instituído pelo Governo Federal com o intuito de proteger o trabalhador demitido sem justa causa. Para tanto, no início de cada mês, os empregadores depositam, em contas abertas na Caixa Econômica em nome dos seus funcionários, o valor correspondente a 8% do salário de cada um. O Fundo de Garantia se constitui, por isso, no total desses depósitos mensais, que pertencem somente aos empregados.

Além disso, o percentual de 8% do FGTS não é calculado apenas sobre o salário, mas também em cima do valor das horas extras, trabalho noturno, férias, adicionais de periculosidade e insalubridade e 13º salário, bem como sobre o aviso prévio trabalhado ou indenizado. Somando tudo isso e dependendo do tempo de trabalho, o funcionário pode retirar um valor considerável, ideal para ser convertido na entrada do imóvel a ser financiado. Quanto maior o valor da entrada, menor será o valor financiado. Assim, as parcelas podem ser reduzidas e, por consequência, a incidência de juros.

Diferenciais do financiamento da Caixa Econômica

Para famílias que tenham uma renda bruta de até três salários mínimos, existe a opção de entrar no programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. Neste caso, as condições são ainda mais facilitadas. No entanto, o financiamento da Caixa não é vantajoso apenas para quem quer comprar uma casa nova.

A Caixa oferece linhas de crédito para quem está em busca de uma casa usada, e para quem a está reformando, com a compra de material de construção. O banco conta, ainda, com o Feirão da Caixa de Imóveis e o Financiamento Caixa Veículos. Depois da pessoa decidir o valor que vai precisar financiar para a sua habitação, ela deve acessar no site da Caixa a lista com os documentos necessários, que devem ser entregues no banco para avaliação.

Simulação Financiamento

Este site tem por objetivo informar o público sobre modalidades e requisitos para proposta ou simulação de financiamento. Não temos qualquer vínculo com qualquer instituição citada, nosso conteúdo foi retirado dos sites das próprias empresas e tem como finalidade facilitar o acesso do consumidor a informação que está disponivel a qualquer um na internet.